Um pouco sobre o projeto Iniciativa 2045 e Transhumanismo pop

Recentemente, as buscas por informações sobre a Iniciativa 2045 aumentaram. Estranhei o fenômeno, afinal meu post sobre o assunto nunca recebeu tanta atenção quanto agora. Mas por quê?

2045

É exatamente o que eu me perguntava, quando me deparei com um vídeo do programa Fantástico sobre o assunto. Ali estava a resposta. Alguns dias antes, o programa Encontro com Fátima Bernardes fez uma apresentação sobre transhumanismo. Incrível! Mas o que foi dito em rede nacional? Caso ainda não tenha visto, deixarei os links para os programas ao final do post.

Apenas para relembrar, o projeto 2045 tem por objetivo criar um avatar que sustentará a cópia da consciência humana, afim de torná-la imortal. Claro que cabem muitos questionamentos quanto a isso, principalmente por se tratar da cópia… Mas antes de qualquer crítica sobre definições de vida e consciência, é necessário enxergar sua contribuição para o desenvolvimento de tecnologias em manutenção da vida. Ou seja, transhumanismo.

E quanto o projeto já avançou? Quem acompanha qualquer bom canal de tecnologia, sabe da quantidade de pesquisas de interfaces neurais que tem por aí. Amputados ou deficientes movendo próteses apenas com o pensamento, já é um grande avanço na qualidade de vida dessas pessoas. Além disso, os estudos neurocientíficos também já começaram, mas compreender o funcionamento do cérebro humano pode ser uma tarefa para décadas de trabalho… Eu diria que o o projeto ainda está longe de onde quer chegar.

Outra proposta notável dessa área, é o famoso transplante de cabeça que será realizado pelo Dr. Canavero, mas que ainda está envolto de mistério e especulações. Além desses, também temos o recente método de edição genética CRISPR/Cas9 e o DNA gerado artificialmente.

Com essa exposição, o transhumanismo ganha espaço na mídia brasileira, uma ótima oportunidade para despertar o interesse sobre sua filosofia. É o momento ideal para propor debates intelectuais a cerca do tema, ele nunca esteve tão pop. Veja nos links abaixo as matérias exibidas em rede nacional:

Iniciativa 2045 – Fanstático:

http://g1.globo.com/fantastico/videos/t/edicoes/v/bilionario-russo-investe-pesado-para-descobrir-o-segredo-da-imortalidade/5701494/

Transhumanismo e pós humanismo – Encontro com Fátima Bernardes:

https://globoplay.globo.com/v/5690552/

https://globoplay.globo.com/v/5691548/

Anúncios

Dos livros para as telas: Johnny Mnemonic

A Revista Desenredo, do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo, publicou em 2014, o artigo “O cyberpunk: dos livros para as telas. Uma análise do filme Johnny Mnemonic – O ciborgue do futuro”. Um texto que acompanha a evolução do cyberpunk e suas representações pós-modernas, ciberculturais e uma análise do filme Johnny Mnemonic (já postado aqui no Cyber Cultura).

Os autores do artigo, são: Edgar Roberto Kirchof, graduado em Letras, mestrado em Ciências da Comunicação e doutorado em Lingüística e Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. E Alessandra da Rosa Trindade Camilo, graduada em Letras Inglês e Literaturas, e mestre em Educação e Estudos Culturais pela Universidade Luterana do Brasil.

O artigo é um ótimo complemento para quem já assistiu ao filme, analisando profundamente seu caráter cultural e colocando em cheque a questão tecnológica. Para ler ou baixar o artigo, basta acessar o link:

http://www.upf.br/seer/index.php/rd/article/view/4159/3092

Top 10 motivos para NÃO temermos a Singularidade

O blog Singularity Weblog enumerou as 10 mais importantes razões para não temermos a singularidade tecnológica. Resumidamente, são elas:

  1. Imortalidade;
  2. Liberdade;
  3. Utopia;
  4. Pós-escassez, Abundância, Paz e Prosperidade;
  5. Sustentabilidade ambiental;
  6. O fim do capitalismo e da alienação do Trabalho;
  7. Espaço e tempo de viagem;
  8. Preservação histórica;
  9. Computronium e Cérebro de Matrioshka;
  10. Aceitar mudanças.

Para compreender a importância de cada uma dessas razões em um futuro onde a tecnologia avançou a ponto de a inteligência artificial superar a nossa, basta acessar um dos link abaixo:

Em inglês:
https://www.singularityweblog.com/top-10-reasons-we-should-not-fear-the-singularity-infographic/

Traduzido pelo Google Tradutor:
https://translate.google.com.br/translate?sl=en&tl=pt&js=y&prev=_t&hl=pt-BR&ie=UTF-8&u=https%3A%2F%2Fwww.singularityweblog.com%2Ftop-10-reasons-we-should-not-fear-the-singularity%2F&edit-text=&act=url

Singularity Weblog

Essa é mais uma indicação de site. O Singularity Weblog é uma iniciativa de Nikola Danaylov, o maior blog independente que aborda temas de tecnologia, ciborguismo, biologia sintética, extensão de vida, criogenia, transhumanismo, singularidade tecnológica, inteligência artificial, ciências, filosofia e quaisquer outros temas relacionados ao futuro e suas implicações tecnológicas nos campos das ciências políticas, éticas, morais e religiosas.

Os grandes destaques do Singularity Weblog são as entrevistas e podcasts realizadas por Nicola Danaylov com diversos convidados das mais variadas áreas, além dos artigos sobre os temas abordados no site. É claro que o site é em inglês.

https://www.singularityweblog.com/

Projeto 2045

O Projeto 2045 é uma ambiciosa proposta de Dmitry Itskov, um russo multimilionário (ou bilionário, dependendo da fonte) responsável por essa iniciativa. A sua intenção em criar o projeto, é constituir avatares de aparência humana, com baixo custo de produção e, o principal, capazes de carregar o conteúdo de um cérebro humano em todos os detalhes da sua personalidade, assim, simulando a sua consciência em um corpo robótico.

Continuar lendo