Shohei Otomo

Trabalhando apenas com canetas esferográficas (acredite se quiser!), Shohei Otomo retrata a sociedade japonesa, buscando representar seus aspectos mais incomuns aos nossos olhos. A ambientação suburbana se funde a estética oriental em suas ilustrações, o que confere um clima bastante cyberpunk a sua arte, mesmo na ausência de elementos tecnológicos futuristas.

Shohei é filho de ninguém mais, ninguém menos que Katsuhiro Otomo, o criador e diretor de Akira. Assim como o pai, ele parece se voltar ao lado “punk” da sociedade japonesa. É possível acompanhar seus trabalhos em seu site oficial, onde há uma lista com suas ilustrações:

http://hakuchi.jp/top.html

Blog (Tumblr):
http://hakuchi.tumblr.com/

Facebook:
https://www.facebook.com/ShoheiOtomo/

Instagram:
https://www.instagram.com/shohei_otomo/

Em seu canal do YouTube, é possível assistir Shohei durante a produção de algumas ilustrações, mas é um processo bem longo, entre cinco e oito horas:

https://www.youtube.com/user/hakuchitare/

Em outros vídeos espalhados pela Internet, o ilustrador aparece descrevendo seus métodos criativos, inspirações, perspectivas, objetivos e críticas sociais que tenta passar com sua arte (com legendas em inglês).

Dossiê whitewashing: Ghost In The Shell

Passado mais de uma mês após a estreia da adaptação americana de Ghost In The Shell, o calor da discussão finalmente abaixou. Mas afinal, foi ou não foi whitewashing?

Por definição, whitewashing é uma prática da indústria cinematográfica em que atores brancos são escalados para papéis racialmente diferentes ou de etnia estrangeira. O cinema americano realiza isso há tempos e essa lista da Wikipedia pode dar uma ideia de quão comum isso é:

https://en.wikipedia.org/wiki/Whitewashing_in_film#List_of_films

Durante a produção de Ghost In The Shell, muito se especulou sobre o “embranquecimento” de Motoko Kusanagi. Houve até um boato sobre alterar digitalmente o rosto de Scarlett Johansson, para que ela ficasse com traços asiáticos. A desaprovação de parte do público ganhou notoriedade nas redes sociais e uma petição virtual conseguiu reunir mais de 105 mil assinaturas para que a atriz fosse substituída.

Reuni alguns argumentos de ambos lados para expor melhor a situação:

Continuar lendo

#Ilustração/Fotografia: Hidrico Rubens

Misturando arte digital com fotografias, o espanhol Hidrico Rubens trabalha com temas fantásticos em sua produção bastante voltada ao cosplay. Sua capacidade de ambientar suas obras é incrível, vale a pena acompanhar esse artista.

ArtStation: https://www.artstation.com/artist/hidrico

DeviantArt: http://hidrico.deviantart.com/

Instagram: https://www.instagram.com/hidricorubens/

Facebook: https://www.facebook.com/hidricophotography/

Burning Chrome

Mass Effect 3

#Ilustração: Long Ouyang

A arte de Long Ouyang, um talentoso neozelandês, parece ter um pé dentro de mundos distópicos. Ele realiza trabalhos conceituais para jogos e filmes, utilizando da computação gráfica para criar belos cenários, personagens, armas, veículos, etc.

Suas criações são representações de mundos fantásticos, com incríveis imagens de futuros, mecanizações, militarismo e fantasia. Vale a pena dedicar um tempo admirando os detalhes de seus traços.

DeviantArt: http://0800.deviantart.com/

Tumblr: http://long0800.tumblr.com/

Cyberpunk Community Soundtrack

O projeto musical gratuito Cyberpunk Community Soundtrack, é uma iniciativa virtual a fim de reunir artistas de diversos gêneros sob um mesmo tema, o cyberpunk. A cada ano, o projeto se abre para uma nova edição, recebendo cada vez mais material. O responsável por compilar e distribuir todo o conteúdo, é o também participante Cyberbite. O volume de nº: 4 recebeu uma resenha no site Neon Dystopia, uma bela demonstração de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido dentro da comunidade cyberpunk.

Os interessados em ouvir ou participar do projeto como artista, podem encontrar mais informações e os links para download gratuito no site (tumblr) oficial:

http://cyberpunkcommunitysoundtrack.tumblr.com/

O Cyberpunk Community Soundtrack também conta com uma fan page no Facebook e com algumas músicas no Soundcloud:

https://www.facebook.com/cyberpunksoundtrack

Blade Runner Sketchbook

Publicado pela Blue Dolphin Enterprises em 1982, o livro de esboços do aclamado Blade Runner, se encontra disponível online. Ele se tornou uma raridade, pois há anos se encontra fora de tiragem. Como o filme veio a se tornar um clássico do cinema de ficção, ele virou item de colecionador. Em uma pesquisa pela Amazon e AbeBooks, por exemplo, é possível encontrá-lo entre valores de U$ 300,00 a U$ 1.500,00 dólares, além da quantidade de exemplares ofertados, ser pequena.

Um livro como esse, raro e de preço tão elevado, estar disponível na internet, é uma grande oportunidade aos fãs da obra, que não teriam acesso a ela por outra maneira. O seu conteúdo é fascinante, principalmente aos entusiastas de design e ilustrações temáticas. Há esboços de variados objetos e cenários do filme, sendo introduzidos por uma breve explicação de seu conceito como parte daquele universo, como exemplo, a máquina Voight-Kampff (que detecta replicantes), os veículos e a Magnum .357 de Deckard.

A arte é assinada por Syd Mead, Mentor Huebner, Charles Knode, Michael Kaplan e Ridley Scott. Para quem não sabe, o famoso diretor Ridley Scott, também é ilustrador. Reuni alguns links com o material completo online, não estranhe se demorar para carregar, pois são mais de 90 páginas:

http://goonies1632.free.fr/bftp/Blade%20Runner%20Sketchbook.pdf

https://issuu.com/futurenoir/docs/bladerunner_sketchbook

http://imgur.com/a/rrDkL

#Ilustração: Paul Chadeisson

O francês Paul Chadeisson, é um artista conceitual que desenvolve espetaculares trabalhos em 3D e 2D, também atuando com desenvolvimento de games, criando personagens e cenários para jogos, como Remember Me e Strike Vector.

Em muitas de suas obras, Paul trabalha com temas futuristas, como visto no jogo Remember Me, que é situado em uma distópica Neo-Paris, no ano de 2084. Suas ilustrações podem ser conferidas através dos links:

DeviantArt:
http://paooo.deviantart.com/

ArtStation:
https://www.artstation.com/artist/pao

Concept Art World:
http://conceptartworld.com/?p=632

Blog:
http://www.paoyunsoo.blogspot.com.br/