Perturbator

Perturbator é, na verdade, o pseudônimo de James Kent, um DJ oriundo de Paris, França. Com um estilo musical difícil de definir, Perturbator se encaixa no movimento synthwave, que por sua vez, é praticamente um revival dos anos 80, em sua maneira de utilizar sintetizadores para compor as faixas das músicas, influências de new wave e com técnicas modernas de composição musical. Também há uma influência de Dark Wave em Perturbator, um fator que ajuda a caracterizar as veias cyberpunks ainda mais em suas músicas.

Álbum Dangerous Days lançado em 2014.

Pelo selo da Blood Music, Perturbator lançou diversos álbuns no mercado, mas ganhou notoriedade após várias de suas faixas serem selecionadas para compor parte da trilha sonora da franquia de jogos Hotline Miami. Desde então, começou a fazer parte do mainstream nos canais de música eletrônica, principalmente no cenário retrofuturista, passando a ser constantemente relacionado nos meios da ficção.

Álbum Terror 404 lançado em 2012.

A arte das capas de seus álbuns contém muitos elementos comuns aos anos 80 e suas maneiras de representar a ficção científica naquela época. James Kent diz ter se inspirado na cultura cyberpunk, como Akira, Ghost In The Shell, Blade Runner, O sobrevivente, histórias de Phillip K. Dick e imagens no Tumblr para compor suas músicas.

Links úteis:

Facebook: https://www.facebook.com/Perturbator
Bandcamp: http://perturbator.bandcamp.com/
SoundCloud: https://soundcloud.com/perturbator
Tumblr: http://the-night-driving-avenger.tumblr.com/

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s