Inteligência Artificial: Interação e comunicação

Conhecemos mais a inteligência artificial por romances, do que verdadeiramente por estudos. Isaac Asimov, renomado autor de ficção científica, foi um dos maiores influenciadores da visão romântica que temos sobre robôs interativos e inteligentes. Mas o que tem sido atualmente no campo da inteligência artificial? O que já existe e o que ainda não conseguimos alcançar?

Através dos artigos de Alex Primo, professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS, mestrado em Jornalismo (Ball State University) e doutorado em Informática na Educação (UFRGS), obtemos um conhecimento mais realista da situação do desenvolvimento dessa tecnologia, quais as dificuldades para se chegar até ela e um contexto histórico sobre o assunto.

Ambos artigos foram publicados no Laboratório de Interação Mediada por Computador (Limc), site da UFRGS. O primeiro artigo se foca na crítica de se tentar reproduzir tecnologicamente a interação humana a partir de uma inteligência artificial.

Link: http://www.ufrgs.br/limc/PDFs/conhecimento_interacao.pdf

O segundo, nas perspectivas de comunicação das inteligências artificiais e uma análise sobre Cybelle, a primeira robô de conversação (chatterbot) brasileira na Web.

Link: http://www.ufrgs.br/limc/PDFs/cybelle.pdf

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s