Neuromancer

*Atenção: esse post será atualizado

Em 1984 nascia uma revolução. Um romance escrito por William Gibson traria novos conceitos e abordagens sobre o futuro. Por isso, é considerado o profeta noir do cyberpunk, e não é para menos. Ele anteviu tecnologias como a Internet e cunhou o termo “ciberespaço”.

neuromancer_edit

No enredo de Neuromancer, acompanhamos Case, um ex-cowboy (hacker do ciberespaço), após cometer o erro de tentar roubar seus patrões, teve seu sistema nervoso danificado como forma de punição. Impossibilitado de se conectar ao ciberespaço (Matrix), sem dinheiro, drogado e desempregado, ele é encontrado por Molly e aceita a proposta de trabalhar para Armitage.

O legado de Neuromancer se mantém até hoje, influenciando diversos outros romances, jogos, filmes e outras formas de arte. Os exemplos mais evidentes são: Ghost in the Shell e Matrix. A “bíblia” do cyberpunk ganhou um edição especial quando completou 30 anos, incluindo um prefácio e três contos inéditos do autor no Brasil.

O céu sobre o porto tinha a cor de uma televisão sintonizada num canal fora do ar.

Resenha recomendada
Estacaodecadente fez uma profunda análise do livro que vale a pena ler: https://estacaocadente.wordpress.com/2014/06/28/neuromancer/

Anúncios

3 comentários sobre “Neuromancer

  1. Pingback: #Jogo: Neuromancer | Cyber Cultura

  2. Pingback: #Curta: Azriel | Cyber Cultura

  3. Pingback: Dreamspace | Cyber Cultura

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s